Quadradismo

download (4)

Dançar de acordo com a música

ou colocar a música que souber dançar, pra tocar.

Manter o pensamento e subverter o ideal pela própria conveniência.

Como alguém que não se repete.

 

 

Realmente não me interessa o que me faz mal,

me interessa só o que não me torna bom.

Pra pegar antes da ponta o erro, o nó, o tom.

Pois por mim, com boas intenções, corre um caminhão.

Mas o caos só é mesmo caos, quando toca o chão.

 

 

O que não interessa, logo a gente lança mão,

foda-se a forma, tem a ver com lugar!

Onde está, foi, ou pretende estar.

A procura muda, e pra isso não há tanta previsão.

 

 

Não finjo me apegar a loucura.

Na verdade tem muito mais a ver com o racional.

Dentro da cabeça é “ok”, e no coração que é “vem”.

Vamos assistir uma explosão juntos?

Te dou uma carona depois, pra minha confusão.

 

Da maior importância, da grande beleza, e das mais puras vontades.

Secando os fluídos criativos, e consumindo os recursos de sono.

Chega a ser obsceno, lindo, e ao mesmo tempo bizarro.

De tanto que é muito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s