Que sentimento de bosta!
A pior coisa do mundo é me culpar, e saber que tenho culpa.
Minha cabeça ta a mil, não sei mais o que fazer e meu raciocínio já foi pro caralho.

Pior que sofrer mal é causar mal; ser insensível com alguém que você ama.
Já sofri por confiança ferida, já fui portador da não-consciência por conta do perdão, ou não. Talvez eu mereça tudo isso que eu já passei. Talvez não tenha mesmo o direito de viver o que eu acredito. Talvez eu não deva ser acreditável.

Meu sentimento, apesar de tudo, e mesmo talvez sem nenhum direito, é de ainda querer fazer dar certo. Eu não quero jogar nada fora se não as coisas ruins. E não quero ser ruim à ninguém. Me sinto o pior parceiro do mundo. Mas não é um lamento mendigo de pena, é só uma tomada tardia de consciência que me gera arrependimento.

A cada respirada fundo me vem uma raiva de mim. Queria ter algum poder de consertar tudo. Não por mim, mas pra não fazer mal, eu não quero ser o filho da puta da vida de ninguém. Ninguém merece isso. E quem menos merece é quem com eu fui injusto.

Peço mais perdão, por mais que isso não mude nada. Realmente me arrependo e não sou frio à sua frustração. Só espero que sua decisão te faça bem, e nunca mais te farei mal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s