FOTWWWWWWWWW (mas nem todos)

image

Quando eu chego em casa nada me consola.
Eu estou sempre aflito.
Você é tão bonita.
Quando você trás a Coca-Cola, é claro, eu tomo.

Não tenho nenhuma saudade do bruxismo, nem das bruxas memórias, nem dos trocadilhos baratos, mas todo o pouco que ainda me corrói (que embora pouco pode ser pesado; e muito pelo cansaço), é passageiro. E é normal que seja assim, a maior parte das mazelas, o maior pedaço costuma vir no final, como uma prova de fogo. Decisiva do corpo, da mente, e da própria decisão.
Sei que ainda preciso aguentar muita coisa até minha próxima estação. Muita coisa ainda precisa acontecer, inclusive, pra que eu mereça o próximo descanso.
Daqui pra frente preciso dobrar o tempo, pra que ele seja mais produtivo, e passe mais rápido. Eu quero dar o fora!
E quero que você venha comigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s