Little Games, Free Talks, Crying Lightnings, e vida em itálico.

Picture_of_Schopenhauer

 

Tem tudo a ver com o mundo errado, e as últimas e penúltimas gerações.

Uma vez alguém me disse que o meio estava errado e não eu. E ela tinha razão.

As pessoas mais velhas vivem instruindo as mais novas baseando-se na sua experiência com o mundo, ditando limites que não existem, ou pelo menos não deveriam. Se as pessoas entendem as coisas erradas, há de discutir se isso é culpa sua; porém, quem se faz entender está no mínimo sendo contundente. (a redundância é necessária)

Se alguém confunde suas ideias claras, ou tenta se aproveitar, imaginar algo a mais no que você disse/fez isso é canalhice. Merece porrada.

Da mesma forma se alguém sabe de um limite seu, seja subentendido, seja explícito; e esse alguém se diz amigo, ou algo próximo disso, e ele cruzar a linha, ou te impedir de algo que não cabe a ele, de novo: canalhice, porrada.

 

“Bateu de frente, é só tiro, porrada e bomba.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s