Zatal 2

(Leia antes o “Zatal” de 2010. Aqui.)

The-Grinch-jim-carrey-141531_1024_768

“E então é Zatal! A festa crist…” Ops!

É, rapaz! Chegou a grande data, aquela que em todo fim de ano agente se engana espontaneamente. Legal!

Não pretendo me estender muito nesse texto sobre outros datismos que me incomodam além do natal, e nem mais sobre o próprio. Meu primeiro texto já sintetiza bem isso. Mas não posso deixar(já que deixei no primeiro texto), dessa vez, de falar sobre o Zatal em si.

Coisas me deixam indignado todos os dias, e dia desses vi um padre na TV falando sobre um suposto “resgate” do “significado…” desta data bonita e aconchegante.

Dizia ele, que as pessoas estão percebendo que “nós podemos sim ter o papai-noel, podemos sim ter os presentes; mas não esquecer do real significado…”

Sabe aquela raiva que vem como “é triste que alguém acredite nisso!“? Então.

Eu não estou criticando exatamente as crenças e/ou religiões(Xiitas católicos, por favor!).

Talvez até o próprio poor padre, não tenha certeza. Sei lá.

Mas é fato que, historicamente se sabe que a data 25 de dezembro nunca foi creditada como algo próximo ao nascimento de Cristo, a não ser pela Igreja Católica no terceiro século d.C.(comics?), pra converter não-fiéis, que comemoravam -nesta data- o solstício; uma festa pro Deus Sol. Novamente reafirmo que nunca houve embasamento histórico pra fixação desta data. Pesquisem à vontade.

Não existe data específica sobre o nascimento de Jesus, em lugar nenhum. Mas o que se entende é que seria impossível ter sido em Dezembro, afinal a região onde Jesus nasceu, Belém, em Dezembro faz inverno. E a bíblia diz que “os pastores estavam nos campos… nas ‘vigílias noturnas’…”  Coisa que seria impossível no inverno.

Não quero me aprofundar muito, até porquê não acho que tenho direito. Só quero despertar essa curiosidade maligna.

Papai Noel

É figura mitológica de outras culturas não cristãs(e pré-cristãs), e foi associado a um santo católico. Inicialmente sua roupa era verde. Foi retratado vestido de  vermelho por um cartunista, certa vez, e foi difundido mundialmente nesta cor que conhecemos, após uma propaganda da Coca-Cola.

Quanto aos pinheiros e presentes, existem várias “apropriações” de várias outras culturas. Que mais uma vez, repito que não vou me aprofundar.

Meu único objetivo com esse texto, ralo e superficial, é mostrar de alguma forma como é rala, e superficial essa comemoração. E que eu não a odeio só pelo datismo em si.

 

Odeio também porquê é uma mentira.

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Zatal 2

  1. Isso sem contar que a data em si do dia 25 é uma verdadeira mentira, os povo lá de roma só colocaram essa data, porque era o dia em que os celtas faziam uma festa pro Deus Sol…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s